MENU
Share Button

Em 2014 comemoram-se os quarenta anos do CDS, nos dias de hoje CDS-Partido Popular, partido surgido após a revolução de 25 de Abril de 74.

Partido de matriz cristã e personalista onde os seus valores estão alicerçados na democracia, no pluralismo partidário, na livre iniciativa e na individualidade e aceitação da propriedade privada e na protecção da família, fazem do CDS-PP um partido de representação significativa na vida política e na sociedade portuguesa tornando-se um partido do arco da governação com responsabilidades acrescidas na condução dos destinos do país.

Nunca é demais recordar a perseverança, a audácia, a coragem e a convicção de todos aqueles que arrojadamente e com confiança, criaram as condições para que o partido pudesse não só ser constituído, como também pudesse ter proliferado e crescido até aos dias de hoje.

Foi debaixo de muita intolerância, de inveja, de extremismo, de radicalismo e mesmo de medo e de tiro, que o CDS iniciou as bases sólidas da sua fundação. A intolerância da esquerda radical e comunista só criou naqueles homens e naquelas mulheres uma força muito maior para que Portugal tivesse um verdadeiro partido de direita democrática e de orientação cristã ao contrário das outras orientações socialistas e radicais de esquerda.

O célebre episódio do Palácio de Cristal no Porto, marcou para sempre, e acima de tudo, a força da convicção em querer ir mais longe e da crença de quem acredita verdadeiramente em valores e em causas.

Em Almada não foi diferente, bem antes pelo contrário. Almada tradicionalmente de esquerda pós 25 de Abril, tornou-se para o CDS-PP um bastião de combate às ideias dessa mesma esquerda. Um combate feito de forma democrática e pluralista onde em disputa estão e devem (sempre) estar o combate de ideias, de projectos, de respostas e caminhos a seguir, bem diferente dos tempos conturbados dos anos que se seguiram à revolução.

Nos tempos de hoje, tal como de ontem, o CDS-PP em Almada deve ser leal e firme nas suas convicções, destemido e eficaz, coerente e solidário. É mesmo nessa solidariedade para com o povo almadense na ambição de mudar Almada e de dar uma melhor qualidade de vida aos almadenses que estamos presentes cada vez com mais gente, com mais força e com mais esperança.

No 40º aniversário do CDS-PP é de salutar e de relembrar também aqueles militantes e almadenses que lutaram em Almada, para que o CDS-PP não tivesse passado apenas de um pequeno fenómeno de circunstância. A esses mesmos devemos a nossa gratidão e o nosso mais profundo reconhecimento por aquilo que somos hoje e pela entrega que devemos ter com um legado de tamanha responsabilidade, mas ao mesmo tempo de tamanha honra.

O CDS-PP Almada fará no final do verão uma justa homenagem e recordará os homens e as mulheres que fizeram o partido em Almada.

A todos eles o nosso mais profundo agradecimento.

Hoje em dia volvidos quarenta anos, o CDS-PP mantém uma equipa consistente e empenhada em fazer valer as ideias e soluções que o partido tem para a cidade. É na força do grupo, na ambição de fazer mais e melhor por Almada que o CDS-PP trabalha todos os dias com cada vez mais gente, mais militantes e mais juventude em prol de uma nova maneira de fazer e de estar na política ao serviço dos cidadãos e dos munícipes

Quarenta anos depois junte-se ao CDS-PP Almada e torne-se militante preenchendo a ficha reencaminhando a mesma para o email da concelhia: cds.almada@gmail.com

Agradecemos ainda todos aqueles que nos últimos meses se juntaram como militantes da concelhia do CDS-PP de Almada

Link ficha de militante: http://www.cds.pt/images/stories/demo/pdf/fichaadmissaocdspp.pdf

Contamos com todos, contamos consigo.

 

António Pedro Maco

Deputado Municipal e Presidente CDS-PP Almada 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

« »