MENU
Share Button

O Concelho de Almada é hoje um concelho privilegiado por albergar três polos de Ensino Superior. São eles a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, o Instituto Jean Piaget e a Egas Moniz – Cooperativa de Ensino Superior. Hoje estes três polos de ensino superior recebem todos os dias cerca de 15 mil alunos.

A maioria destes alunos não residem no nosso concelho, muitos deles vêm de diversos pontos do país, outros, apesar da distância, optam por vir de transportes públicos onde perdem imenso tempo até chegar à sua instituição de ensino.

Uma das preocupações de um jovem que acabou de ser colocado no ensino superior longe da sua casa é perceber se o Concelho ou a Universidade dispõem de alguma Residência Universitária.

Hoje, um estudante que seja colocado numa das instituições de ensino superiores do nosso concelho obtém as seguintes respostas: Por parte das instituições universitárias: Ou são caras demais ou são longe demais ou estão lotadas, por parte do Concelho de Almada: Não existem respostas.

Perante esta realidade é importante perguntar se um Concelho como o nosso não deveria ter uma Residência Universitária?

Há quem diga que esta matéria apenas diz respeito ao Ministério da Educação e Ensino Superior e que são eles que têm de dar esta resposta.

No então, a Juventude Popular de Almada defende que o nosso concelho só terá a ganhar se avançar com a construção de uma residência universitária, especialmente se for num sítio calmo e que ao mesmo tempo beneficie o concelho de Almada, como é por exemplo a zona de Almada Velha.

A opção de construir nesta zona uma residência universitária não é por acaso, antes pelo contrário, é uma maneira de juntar o útil ao agradável.

O útil é perceber que este Concelho, consegue dar respostas aos jovens universitários do seu concelho. Tal como útil seria oferecer a estes estudantes uma alterativa de alojamento muito mais acessível do que aquelas que são oferecidas pelas residências das próprias universidades, aliviando assim os jovens e as famílias dos custos elevados de alojamento ou transporte.

Que útil seria para o nosso concelho se aproveita-se aquelas estruturas degradadas da zona de Almada Velha para lá construir uma residência universitária, pois assim ajudaria também a valorizar o seu património histórico e aos mesmo tempo tornar esta zona mais dinâmica e menos velha.

Por outro lado, é importante perceber, que a construção de uma zona universitária em Almada Velha podia ser o precedente para que fosse também possível criar nesta zona locais de Lazer e Diversão noturna, pois bem sabemos das festas, dos jantares de curso e das saídas à noite que são características dos jovens universitários e que fazem parte da vida académia.

Útil porque não obrigaria os jovens a procurar estes locais como: Bares e Restaurantes, fora do seu concelho como por exemplo: Lisboa.

Útil porque ajudaria os comerciantes da área da restauração a abrirem aqui os seus estabelecimentos e também eles acabavam por aproveitar e restaurar parte deste património em Almada Velha.

Acreditamos que nesta zona de Almada velha é possível haver um equilíbrio entre a zona da residência universitária com as zonas de lazer e de diversão. Para isso basta ver os fenómenos da cidade de Coimbra (conhecida por cidade dos estudantes) onde as residências universitárias e as chamadas repúblicas se encontram no coração histórico da cidade e onde existe um equilíbrio harmonioso com os sítios históricos de lazer e diversão noturna.

Para finalizar, perguntamos: Não seria esta a parte agradável? Agradável porque tornaria esta zona mais viva e dinâmica. Agradável porque Almada velha não voltaria a ser um sitio conhecido por ruas sujas, casas degradadas e locais de actividades ilícitas. Agradável, porque estaríamos apostar na preservação do no nosso património histórico! Quão agradável seria se estes jovens no final dos seus cursos não quisessem sair desta cidade e pudessem também eles retribuir com os seus projectos e o seu trabalho!

Se queremos tornar este concelho mais jovem então o caminho passa por aqui: trazer os jovens para Almada, ou será já nos esquecemos dos desfiles de finalistas universitários que terminavam na antiga “fonte luminosa” em Almada e que nunca mais voltaram?!

Nós acreditamos neste projecto! Por uma Residência Universitária em Almada!

Telmo Ribeiro

Presidente da Juventude Popular de Almada

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

« »