MENU
Ana catarina_Federação

Ana Catarina vence Federação de Setúbal e reforça António Costa

9 Setembro, 2014 • Humberto Lameiras • Destaque, Política

Share Button

A deputada socialista Ana Catarina Mendes, apoiante de António Costa, é a nova presidente da Federação do PS de Setúbal, conseguindo captar 55 por cento dos votos contra os 45 por cento de Madalena Alves Pereira, que liderava este órgão e apoia António José Seguro nas primárias que irão decidir qual o candidato do partido a primeiro-ministro

Num universo de 2.803 militantes socialistas do distrito de Setúbal com capacidade eleitoral, na passada sexta-feira, Ana Catarina Mendes obteve 1.180 votos enquanto Madalena Alves Pereira teve 978 votos. Ou seja, a nova presidente da Federação de Setúbal e diretora de campanha de António Costa para as primárias, venceu em 9 das 13 concelhias do distrito.

“Sempre acreditei que era possível vencer, porque conheço bem os militantes de Setúbal. Com a força de todos – o ‘slogan’ da minha campanha – acredito que é possível mobilizar Portugal”, disse à Lusa Ana Catarina Mendes.

Nas 19 federações socialistas a nível nacional, os candidatos apoiantes de António Costa venceram em 10 destes órgãos, enquanto António José Seguro tem a confiança de 9 dos presidentes. Mas ainda há muitas variáveis a observar até às primárias de 28 de setembro.

Quando começaram a sair os primeiros resultados dos candidatos vencedores das federações, chegou a pensar-se que António Costa deixaria António José Seguro à distância, mas após dois dias de votação – 5 e 6 de setembro – verificou-se uma vitória tangencial. Aliás, em números absolutos de votos, o secretário-geral do PS terá conseguido cerca de mais 1200 votos do que Costa. Mas há que considerar o peso de cada uma das federações.

Dos mais de 90 mil militantes do PS, votaram para os candidatos às federações cerca de 30 mil militantes, o que reserva um patamar bastante alargado para as primárias onde podem votar todos os militantes, tenham ou não quotas em dia. Há ainda que considerar a decisão de voto dos inscritos como simpatizantes do PS, um número que já vai na ordem dos 75 mil.

Por outro lado, é necessário saber antever a evolução dos congressos das 19 federações agendados para os dias 20 e 21 de setembro, e que podem ser mais um indicador de pré-primárias relativamente à escolha do candidato do PS a primeiro-ministro. António Costa ou António José Seguro.

 

Foto: DR

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

« »