MENU
WingsforLife13

António Sousa e Mária Santos vencem primeira corrida global

5 Maio, 2014 • Redação • Desporto, Destaque

Share Button

António Sousa, em masculinos, e Mária Santos, em feminins, foram os vencedores da edição nacional da Wings for Life World Run, a  primeira corrida global da história, que decorreu este domingo, dia 4 de maio, em simultâneo em 34 países, espalhados pelos cinco continentes.

Participaram no primeiro evento desportivo solidário à escala mundial mais de 50 mil atletas de 164 nacionalidades, desafiando as mais variadas condições climatéricas em 13 fusos horários diferentes para angariar fundos para Wings for Life, uma fundação criada há dez anos com o objetivo de encontrar a cura para as lesões na espinal-medula.

Em Portugal, a prova decorreu na costa alentejana, com cerca de 500 atletas a partirem da praia da Comporta em direção a Vila Nova de Mil Fontes. Com temperaturas próximas dos 30 graus, o pelotão arrancou a bom ritmo e António Sousa chegou inclusive a lutar pelos lugares cimeiros a nível global. O antigo campeão nacional da maratona acabou por vencer sem dificuldade a prova portuguesa, depois de três horas de esforço e 46,82 km quilómetros percorridos.

“Este resultado deixou-me muito satisfeito. Fiquei sozinho na estrada muito cedo e optei por parar antes de ser alcançado pelo Carro Meta, já que estava muito calor e tornava-se extremamente perigoso continuar a correr”, afirmou António Sousa.

No sector feminino, a vencedora foi Mária Santos, que superou os seus limites ao correr 24,65 kms. “Vencer foi uma surpresa total. Aliás, só me apercebi que liderava, quando a moto de reportagem me começou a acompanhar”, disse.

Em termos de resultados globais, os melhor registo foi conseguido pelo etíope Lemawork Ketama, na corrida da Áustria, que conseguiu percorrer um total de 78,57 km, antes de ser alcançado pelo Carro Meta. A segunda melhor marca foi para o peruano Remigio Huaman, que na prova de Lima alcançou os 78,48 km. Em femininos, a vitória foi para a norueguesa Elise Miolvik, que completou a distância de 57,79 km.

A Wings for Life World Run regressa no próximo ano com este mesmo formato global, estando a segunda edição já agendada para 3 de maio.

Foto: Wings for Life

Artigos Relacionados

Uma resposta a António Sousa e Mária Santos vencem primeira corrida global

Deixe uma resposta

« »