MENU
Lagarta do Pinheiro

Chapins contra lagarta do pinheiro na Charneca e Sobreda

23 Janeiro, 2015 • Redação • Destaque, Sociedade

Share Button

Para combater a praga da lagarta do pinheiro, a Câmara de Almada e a Junta de Freguesia da Charneca da Caparica-Sobreda estão a tentar aumentar a colónia de chapins, uma ave que se alimenta também desta larva – processionária – prejudicial à saúde pública através da ação urticante dos pêlos, que provocam alergias ao homem e animais.

A título experimental, este mês de janeiro, foram colocadas três caixas-ninho no Viveiro Municipal do Alto do Índio para a reprodução desta ave. O objetivo seguinte é distribuir mais 39 destes ninhos nos espaços verdes destas localidades.

Ao invadir tanto espaços públicos como pinheiros anexos a moradias, a processionária tem sido alvo de queixa de vários munícipes. Nos últimos três anos a Câmara de Almada tem tentado combater esta praga através de procedimentos químicos.

“Este ano perspetivam-se mais áreas de intervenção com esse tratamento, aumentando os resultados imediatos de combate à praga na sua fase de lagarta juvenil”, avança o executivo da Junta de Freguesia local.

Agora com a colocação de caixas-ninho, comedouro e bebedouros para favorecer a reprodução de chapins, a autarquia pretende aumentar o combate à lagarta do pinheiro, sendo que “a curto prazo pretende-se instalar ninhos em todos os espaços verdes onde a praga é mais comum, dando prioridade aos locais com estadias, zonas de recreio infantil e juvenil”.

 

Foto:DR

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

« »