MENU
gala_Dia_Internacional_do Desporto

Gala do Desporto para o Desenvolvimento e Paz em Almada

3 Abril, 2014 • Humberto Lameiras • Desporto, Destaque

Share Button

Almada vai receber a gala do Dia Internacional do Desporto para o Desenvolvimento e a Paz – 100 anos da Bandeira Olímpica. O convite foi lançado pelo Comité Olímpico de Portugal, e a comemoração decorre no próximo dia 12 de abril, às 21 horas, no Complexo Municipal dos Desportos “Cidade de Almada”.

Nesta gala vão ser homenageados os atletas olímpicos que, ao longo de 100 anos, têm vindo a representar Portugal nos Jogos Olímpicos, nas edições de Verão e Inverno. Um momento que o presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP), José Manuel Constantino, distingue como de “muito importante para o movimento olímpico”, mais ainda pelo “simbolismo dos anéis que representam a grande aventura olímpica”.

O presidente do COP aponta ainda a comemoração deste dia internacional, não só por demonstrar o peso do desporto como “veículo de promoção da paz e do desenvolvimento”, mas também pela “promoção da sua dimensão cultural e social”.

A UNICEF é uma das entidades convidadas a participar nesta comemoração que para além de promover o desporto é também uma mensagem para a juventude. “Os nossos jovens têm de ser apoiados e o desporto é o melhor caminho para lhes transmitir valores de união, respeito e superação”, comentava a campeã olímpica Rosa Mota, que esteve presente na apresentação oficial destas comemorações na qualidade de vice-presidente do Comité Olímpico de Portugal.

Também a diretora executiva do Comité Português para a UNICEF destacou a atividade desportiva na construção de uma sociedade mais solidária, desenvolvida e de paz ao “promover o relacionamento entre as crianças e adultos.

E como finalizou o presidente da Câmara de Almada, Joaquim Judas, “a atividade desportiva e os seus valores dignificam o ser humano”. Ao mesmo tempo, o edil reforçou o empenho municipal em criar um variado programa desportivo que envolva não só os jovens mas todas as camadas etárias.

Aliás, foi esse mesmo empenho e “capacidade de organização” que levou o Comité Olímpico de Portugal a desafiar Almada para organizar e acolher estas comemorações, ressalvou José Manuel Constantino.

Artigos Relacionados

Uma resposta a Gala do Desporto para o Desenvolvimento e Paz em Almada

Deixe uma resposta

« »