MENU
16022014_0420_CID3047

História de uma agência funerária em crise

26 Fevereiro, 2014 • Redação • Cultura

Share Button

O Teatro Extremo tem em cena a peça “Retratos”, até 29 de março às sextas e sábados, ou de terça a sexta, mediante marcação prévia.

A família Barata tem um negócio de uma agência funerária em crise e convoca uma reunião para encontrar soluções e decide invocar os antepassados. Com a intervenção do público, a insólita família consegue reanimar Bocage, Camões, Fernando Pessoa, a Marquesa de Alorna, Guerra Junqueiro, Antero de Quental e Eça de Queirós que nos trazem outras visões de tempos difíceis no nosso país.

Uma comédia musical que se propõe divertir e surpreender a assistência, com criação coletiva coordenada por Fernando Jorge Lopes com interpretação de Bibi Gomes, Fernando Jorge Lopes, Francisca Lima, João Dacosta, Rui Cerveira.

Artigos Relacionados

Uma resposta a História de uma agência funerária em crise

Deixe uma resposta

« »