MENU
C4 Pedro encheu a primeira noite de O Sol da Caparica

O Sol da Caparica abre em grandes ritmos

12 Agosto, 2016 • Humberto Lameiras • Cultura, Destaque, Lazer

Share Button
Deolindo abrem Sol da Caparica

Ana Bacalhau, dos Deolinda, abriu o palco principal de O Sol da Caparica, e foi o primeiro despertar do público para mais um festival que promete

Com os Deolinda a abrirem o palco principal, O Sol da Caparica arrancou ontem, quinta-feira, para mais uma edição que promete confirmar o sucesso de um festival que atravessa todos os ritmos, mas sempre na língua portuguesa. Aos poucos o Parque Urbano da Costa da Caparica foi enchendo a partir das 18 horas, vibrou com David Fonseca e foi o máximo à noite com C4 Pedro.

David Fonseca_Sol da Caparica

David Fonseca deu tudo em palco saltou para o público e acabou literalmente a sangrar

Com o público a dividir-se pelos dois palcos dos concertos e um de dança, O Sol da Caparica reúne festivaleiros de todas as idades e nem na diversão tem faixa etária. Cada um mexe-se como pode mas a descontração é o ritmo do festival em pleno Verão, com uma noite que manteve muitos no recinto até ao encerramento pelas 3 da manhã.

Hoje, sexta-feira, o Parque Urbano da Costa da Caparica abre as portas às 16 horas e o primeiro concerto começa às 18 horas. Fora dos palcos, continuam a não faltar motivo de animação, desde a dança a espaço de skate e vários filmes pela Monstra.

Pelos palcos neste segundo dia de festival vão passar, Jorge Palma & Sérgio Godinho, Aurea, The Gift, Melech Mechaya, Mundo Segundo & Sam The Kid, Jimmy P, Diogo Piçarra, Cristina Branco & Mário Laginha, Elida Almeida e Roda de Choro de Lisboa. A noite termina ao som house de DJeff Afrozila.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

« »