MENU
PSA Sines um milhão TEU

Porto de Sines atinge o milhão de carga em contentores

28 Outubro, 2014 • Redação • Destaque, Economia

Share Button

A PSA Sines, empresa participada da PSA de Singapura que gere o terminal de contentores de Sines, acabou de entrar no ranking das infra-estruturas portuárias que movimentam um milhão de TEU no espaço de um ano (medida standard utilizada para calcular o volume de um contentor).

Este patamar foi atingido no passado dia 23 de outubro e celebrado com o contentor que perfez o milionésimo TEU a ser carregado a bordo do navio Thasos. Um momento histórico que contou com a presença de cerca de 40 convidados, entre eles, a Administração do Porto de Sines, diversos representantes das entidades portuárias, clientes e membros da direção da PSA Sines.

No ano em que comemora o décimo aniversário, a PSA Sines “cresceu de um projeto de raiz para um terminal que está a movimentar vários navios de 14.000 TEUs por semana”, refere nota da empresa.

“Desde o início das obras para a construção do terminal, a PSA Sines tem investindo continuamente na sua expansão e aperfeiçoamento”. Contas feitas, até ao final deste ano “terão sido investidos mais de 200 milhões de euros em infra-estruturas e equipamentos, a fim de construir instalações com equipamentos de última geração para a movimentação de contentores, pronta para o futuro”, acrescenta.

Quando a expansão estiver concluída, no final de 2014, o terminal “terá um cais de 940 metros de comprimento, uma área de armazenagem de 35 hectares” e “estará equipado com 9 gruas de cais de última geração e 26 gruas de parque”. Quanto à capacidade de movimentação anual total “crescerá para 1.700 Milhões de TEUs”.

Para além de ser já “um dos principais portos de contentores do Sul da Europa e o maior Hub Atlântico da Península Ibérica”, como afirmava durante a cerimónia John Phillips, Diretor Geral da PSA Sines, os investimentos realizados têm gerado um “aumento de emprego”, sendo espectável que no final deste ano “empregará cerca de 750 trabalhadores, tornando-a numa das maiores empresas empregadoras da região”.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

« »