MENU
PS visita Academia de Música de Almada

PS vai questionar Ministério sobre Academia de Música de Almada

26 Janeiro, 2015 • Redação • Destaque, Política

Share Button

Os deputados do PS eleitos pelo distrito de Setúbal vão questionar, através de requerimento, o Ministério da Educação e Ciência sobre a falta de pagamento do contrato de patrocínio, referente ao atual ano letivo, à Academia de Música de Almada.

No caso deste estabelecimento de ensino a tutela está em falta com uma verba de 190 mil euros, o que já obrigou à suspensão das aulas dos seus cerca de 200 alunos, desde 15 de janeiro.

Um “incumprimento do Estado” que está a afetar quinze escolas do ensino artístico e ascende a um montante em dívida de “3 milhões de euros” que as “impede de cumprirem as suas obrigações contratuais relativamente aos docentes, à Segurança Social e aos fornecedores”, refere nota de imprensa do PS de Almada.

No final da passada semana os deputados e eleitos locais socialistas reuniram com a direção da Academia de Música de Almada e prometeram não deixar cair no esquecimento a “grave situação” deste estabelecimento de ensino, “decorrente da asfixia financeira que lhe está a ser imposta pelo Governo PSD/CDS” e “exigir a imediata regularização dos pagamentos em dívida, permitindo, assim, o retomar do seu normal funcionamento.

Entretanto, na última reunião de Câmara Municipal de Almada, foi aprovada a moção apresentada pelos vereadores socialistas que acusa o Ministério da Educação e Ciência de causar dificuldades às escolas de ensino artístico por não acertar, atempadamente, as contas com as mesmas.

No caso da Academia de Música de Almada, a moção refere que de toda esta situação “decorre grave prejuízo para os alunos do ensino articulado, cujo aproveitamento depende da conclusão com sucesso das disciplinas vocacionais”, podendo mesmo “estar comprometida a sua avaliação final”. Pelo que, “exige do Governo a imediata regularização da dívida para com esta importante escola”.

 

Foto:DR

Artigos Relacionados

Deixar uma resposta

« »