MENU

Quinzena da Juventude em Almada 2016

10 Março, 2016 • Redação • Uncategorized, Vídeogaleria

Share Button

A Quinzena da Juventude de Almada (15ena) 2016 oferece cerca de uma centena de iniciativas ligadas à música, dança, teatro, artes plásticas, arte urbana, desporto e cidadania.

Há espetáculos para assistir, workshops, seminários e debates para participar, exposições para ver, e muito mais, nas ruas e salas das várias freguesias do concelho.

A entrada é livre, com exceção dos Festivais de Tunas.

A 15ena é organizada pela Câmara Municipal de Almada, em conjunto com o movimento associativo juvenil, jovens e escolas almadenses.

Moonspell

A banda portuguesa Moonspell está de regresso a Almada. O concerto é a 23 de março, pelas 22 horas, na Praia do Paraíso (recinto do Caparica Primavera Surf Fest), na Costa da Caparica. Entrada livre, com distribuição de ingressos nos dias 20 e 23 de março. Mais informações em www.m-almada.pt/juventude

Teatro / Poesia

Nesta área, destaque para o projeto do Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade pela forma que envolve a comunidade educativa.

«Poesia para Florestas com Floresta Sinfónica – Uma Aventura Poética em Almada» prevê a realização de oficinas a 7 e 9 de março, uma exposição no Museu da Cidade, entre 10 e 20 de março, e um workshop/demonstração, tendo como ponto de partida o poema Floresta Sinfónica, de Álvaro de Mendonça, a 20 de março (14h-17h30), no Museu da Cidade, na Cova da Piedade.

Arte Urbana

Um coletivo de artistas das ruas de Almada inaugura a 13 de março (16h), na Oficina de Cultura, em Almada, a exposição Muralmada16. Para ver até 24 de março.

Trata-se de uma nova forma de ver a arte urbana, através de diferentes técnicas (design, stencil, aerógrafo e clássico spray) e estilos.

Ainda no âmbito do graffiti, de 24 a 27 de março, na Romeira, Cova da Piedade, homenageia-se o artista desconhecido de Almada, com um workshop/demonstração.

«Ao Artista Almadense» é um projeto de arte urbana idealizado pelo Coletivo Aleutas (Pedro Loureiro e André Silva).

Desporto

«Desporto Nacional – Que Futuro?» é o tema de um seminário, promovido pela Juventude Popular de Almada, no dia 18 de março, entre as 10 e as 13 horas, no Centro Cultural Juvenil deSto Amaro – Casa Amarela, no Laranjeiro. O objetivo é refletir e contribuir para construir um novo paradigma desportivo em Portugal, marcado pelo pluralismo.

Cidadania

A Lifeshaker Associação promove um debate informal sobre o tema «Ser Igual?». Esta iniciativa realiza-se o dia 18 de março, pelas 20 horas, no Fórum Municipal Romeu Correia – Sala Pablo Neruda, em Almada.

Nos dias 21 e 22 de março, entre as 10 e as 19 horas, no Caparica Sun Centre, na Costa da Caparica, a ASDL – Porjeto + XLE6G, promove o seminário «II Tomada de Consciência». O objetivo é sensibilizar os jovens para os riscos que enfrentam (doenças sexualmente transmissíveis, gravidez, violência no namoro) mas também para as oportunidades que têm à disposição. Estão previstas atividades desportivas e workshops de artes, dança, música e dança.

Também a 21 e 22 de março, a Associação RevolutionArt propõe um conjunto de atividades multidisciplinares nas quais se enquadra o rali paper fotográfico «Pelas Histórias e Almada». O objetivo é (re)visitar a história de Almada através da recolha de imagens

Artes Plásticas/Design

A exposição Almada Design, promovida pelos alunos da Escola Secundária Cacilhas – Tejo, apresenta sugestões gráficas para eventos de Almada e a aplicação em diversos suportes e materiais de divulgação. A inauguração é do dia 6 de março, às 15 horas, no Fórum Municipal Romeu Correia – Sala Pablo Neruda, em Almada. Para ver até 30 de março.

Festivais de Tunas

A 15ena integra ainda a Noite de Serenatas, a 11 de março (21h30), junto ao edifícios dos Paços do Concelho, em Almada.

O Tágides – XXIV Festival Internacional de Tunas está marcado para 12 de março (21h), na Academia Almadense. O ingresso custa 7 euros.

O Festival Marias 2016 acontece a 19 de março (21h), na Faculdade de Ciências e Tecnologia, na Caparica. O ingresso custa 2 euros.

A 2 de abril (21h30) realiza-se VIII Capas Ricas no Auditório do Campus Universitário Egas Moniz, na Caparica. O ingresso custa 3 euros.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

« »