MENU
TEATRO ANTÓNIO ASSUNÇÃO, BANCADAS

Teatro Extremo inicia programação do Teatro António Assunção este mês

5 Março, 2015 • Redação • Cultura, Destaque

Share Button

O Teatro Extremo vai assegurar até ao próximo ano a programação e funcionamento do Teatro-Estúdio António Assunção. Um espaço localizado em Almada Velha e que depois de ter sido requalificado pela Câmara abriu ao público no passado mês de fevereiro.

A programação do Extremo terá início no próximo dia 21 de março com a comemoração do Dia Mundial da Poesia. Será pelas 21h30, com entrada livre, onde atores de Almada irão dar voz a grandes autores de Língua Portuguesa.

No dia seguinte, pelas 15 horas, as portas do novo espaço abrem para receberem o Encontro de Orquestras e Ensembles Juvenis, num concerto de entrada livre integrado no Festival de Música Cidade de Almada.

Ainda este mês, no dia 27, o Teatro Extremo festeja o 21.º aniversário, data que coincide com o Dia Mundial do Teatro, com a estreia da peça “Guerra é Guerra”. A 46.ª criação da companhia almadense narra, com humor, a epopeia vivida pelo povo português na resistência às três invasões de Napoleão.

Para além da programação do novo palco de Almada, o Teatro Extremo avança que vai continuar com o Sementes – Mostra Internacional de Artes para o Pequeno Público, que este ano celebra 20 edições. Será entre 23 de maio e 7 de junho.

O edifício do Teatro-Estúdio António Assunção funcionou como mercado abastecedor de Almada até 1975. Entre 1977 e 1987 passou a receber a Oficina de Cultura sendo posteriormente transformado para ser o palco do Teatro Municipal de Almada, funcionando até 2005.

Com a atual requalificação, o novo palco da cidade ficou vocacionado para acolher projetos no domínio das artes performativas. Possui sala de espetáculos com capacidade para 100 espetadores, foyer com zona de exposições, espaço de apoio e bar, bastidores, camarins, área administrativa e instalações sanitárias para o público e para os atores.

O nome deste equipamento cultural presta homenagem a António Assunção (1945-1998), ator que integrou a Companhia de Teatro de Almada durante duas décadas.

A reabilitação deste espaço, com um investimento municipal de cerca de 435 mil euros, insere-se num conjunto de operações de regeneração urbana que pretendem valorizar o centro histórico de Almada.

 

Foto:DR

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

« »