MENU
cante alentejano Serpa

UNESCO reconhece Cante Alentejano como Património Imaterial

27 Novembro, 2014 • Redação • Cultura, Destaque

Share Button

O Cante Alentejano é Património Cultural Imaterial da Humanidade. A classificação foi atribuída na manhã desta quinta-feira pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).

“Para nós é o expoente máximo do canto alentejano, estamos com uma alegria do tamanho do mundo”, revelou à Renascença Carlos Paraíba, um dos elementos do grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa, que viajou de autocarro para Paris para assistir à reunião da Unesco.

O Cante Alentejano, um canto coletivo sem utilização de instrumentos musicais, foi distinguido pelo Comité Intergovernamental da Unesco para a Salvaguarda do Património Cultural Imaterial da Humanidade, que está reunido esta semana na capital francesa.

Para o presidente do Turismo do Alentejo, António Ceia da Silva, este é um “reconhecimento único” num “dia de fortes emoções, depois de um percurso de quatro anos que valeu mesmo a pena”. E acrescenta que “Portugal e os alentejanos têm de estar muito orgulhosos por esta classificação que terá certamente repercussões ao nível turístico”.

A candidatura do Cante Alentejano foi entregue à UNESCO em Março do ano passado, depois de, em 2012, o Ministério dos Negócios Estrangeiros ter decidido adiar a sua apresentação, por considerar que o processo não reunia condições para ser aceite.

Após a inscrição do fado, em 2011, e da dieta mediterrânica, em 2013, na lista representativa do património cultural imaterial da humanidade, este é o terceiro elemento português reconhecido pela UNESCO.

 

Foto: DR

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

« »